Arquivo da Categoria: Parto

A cesareana

A Cesariana

Segurei firmemente nas mãos do meu obstetra e do meu anestesista: estávamos salvos, filho! A cesariana! Era como se nós estivéssemos em um pequeno barquinho em alto mar, e nosso barquinho estivesse afundando, filho, eu e você! Mas alguém veio com um grande bote nos salvar, e este bote era a cesariana! Ali começou a nossa história. A sua história, filho, começa com a gratidão a esta tal de cesariana. Uma maravilhosa cirurgia que, quando bem indicada, salva vidas. E a estes tais médicos obstetras que operam cesarianas e salvam vidas de mães e bebês todos os dias.

parto-animalizado

“Parto humanizado” ou “parto animalizado”?

Estes dias li um texto, linkado no perfil de um colega médico, no facebook, chamado “O parto animalizado”. Fiquei curiosa com o título e corri para ler o que seria este tal “parto animalizado”. Fiquei muito triste com o texto, pois era uma crítica deselegante à assistência humanizada ao nascimento. O escritor do texto não parecia entender sobre medicina baseada em evidências e sobre o que significa uma boa assistência ao parto. Ele entendia que a episiotomia era um procedimento necessário e protetor e não tinha conseguido entender o que uma mulher sente quando vive um parto em liberdade, sem intervenções tecnológicas. O questionamento era mais ou menos assim: “Se a tecnologia trouxe tantos procedimentos e intervenções para o parto, Leia mais…

Como evitar uma cesareana desnecessária

Antes do Parto: Leia e se informe, freqüente cursos e palestras tanto dentro quanto fora do hospital. Em Belo Horizonte, recomendamos participar das rodas de conversa ou encontro de casais. Também há listas de discussão na internet que formam uma rede de apoio ao parto. Pesquise e prepare um plano de parto. Discuta este plano de parto com seu parceiro e a equipe (médico, enfermeira, doula) que te acompanhará no seu trabalho de parto. Visite o local que escolheu para dar à luz. Com certeza vai se sentir mais tranquila e liberar menos adrenalina quando entrar em trabalho de parto e já tiver em mente como será seu “ninho”. Escolha um(a) acompanhante de parto ou doula. Estudos científicos mostram que uma doula pode diminuir significativamente os Leia mais…

.

O que é a fase latente do trabalho de parto?

O que é a fase latente do trabalho de parto?   O trabalho de parto é único, diferente para cada mulher, para cada binômio mãe-bebê. Muitas vezes ele é precedido por uma espécie de “aquecimento”, que chamamos de “fase latente”. Se imaginarmos o trabalho de parto como uma fogueira que se acende, a fase latente é aquela fase em que estamos colocando a lenha lentamente e tentando fazer o fogo acender. Pode ser rápido, mas pode demorar.   Todas as mulheres têm fase latente? Não. Há partos que já se iniciam na fase ativa, que é quanto as contrações são rítmicas e regulares e a dilatação do colo do útero evolui dentro de um padrão.   Quanto tempo dura a Leia mais…

E se o líquido amniótico não for transparente?

  E se o líquido amniótico não for transparente?    Quesia Vilamil, Gisele Maciel e Hemmerson Magioni, Obstetras do Instituto Nascer       O que é o Mecônio?     O mecônio é uma substância verde viscosa composta primariamente de água e secreções gastrointestinais que são produzidas pelo feto a partir de 10 semanas. Estas secreções são normalmente eliminadas pelo feto na primeira evacuação após o parto. Entretanto, o mecônio pode ser eliminado pelo feto no líquido amniótico antes do nascimento e na maioria dos casos a presença de mecônio no líquido amniótico reflete apenas  a maturação do trato gastrointestinal fetal e do sistema vagal.  Apesar disto, existem fatores não fisiológicos que também provocam a eliminação de mecônio no Leia mais…

image(11)

Como evitar lacerações no parto

Massagem perineal para prevenção de lacerações no parto   A massagem no períneo no período pré-natal tem-se mostrado eficaz na prevenção da necessidade da episiotomia e na diminuição das lacerações que a mulher pode ter durante o parto. Há dados na literatura médica que comprovam o benefício da massagem perineal. (leia artigo publicado em 2008, no Israel Medical Association Journal) Essa técnica é usada para ajudar no alongamento/flexibilidade e preparar a pele do períneo (parte de pele, músculos etc. entre a vagina e o ânus) para o parto. Essa massagem não vai apenas preparar o tecido do seu corpo, mas vai também permitir que você conheça e aprenda sobre as sensações do parto e como controlar esses poderosos músculos. Este conhecimento a Leia mais…

IMG_1958

Parto Vertical

Por que “verticalizar” o parto? Durante o trabalho de parto, a mulher naturalmente procura posições mais confortáveis. É agradável trocar de posição, caminhar, se exercitar durante o trabalho de parto. O movimento da pelve ajuda a passagem da cabeça fetal no canal do parto e facilita sua descida, que também se beneficia muito com a ajuda da força da gravidade. Na hora do nascimento, a posição vertical (sentada, semi-sentada, de cócoras) pode ser escolhida pela mulher, se assim se sentir mais confortável e tiver mais facilidade para empurrar o bebê. Além disso a posição vertical se associa a melhor oxigenação fetal porque evita a compressão da veia cava, que fica “atrás” do útero. Existem outras posições que podem ser adotadas, posição Leia mais…

relogio

Quando ir para a maternidade

 Aqui vão algumas dicas para você não ficar indo e vindo da maternidade achando que está em trabalho de parto e é só “alarme falso”. Recomendamos que deixe estas dicas impressas por perto, para serem relidas  sempre que surgir alguma dúvida. Momento de ir para a maternidade :     1.   CONTRAÇÕES: FREQÜÊNCIA, DURAÇÃO   –      As contrações de trabalho de parto são regulares e são sentidas pela gestante como um endurecimento do abdome. O momento de se dirigir à maternidade é quando estas contrações estão se repetindo a um intervalo de no mínimo 5 / 5 minutos.   2.   Rotura da Bolsa D’água   –      A saída de líquido pela vagina em grande volume ou em volumes menores continuamente é sinal que Leia mais…

parto-normal

Assistência Pediátrica Humanizada no Nascimento

      Assistência Pediátrica Humanizada no Nascimento     Texto sugerido por Vivian Antunes, Pediatra do Instituto Nascer   O nascimento representa para o ser humano talvez o momento de maior mudança em toda sua vida. Ao nascimento, o bebê deixa o útero materno, onde esteve aconchegado durante toda a gestação e tinha todas as suas necessidades supridas. Chega a um ambiente desconhecido, muitas vezes frio e barulhento. Tem que contar agora com o funcionamento imediato de todos os seus órgãos para que possa sobreviver. É realmente um trauma e um grande desafio!   Para os pais, também, o nascimento de um filho é um momento muito especial e cheio de expectativas. É chegada a hora de ver de perto Leia mais…