cesariana

Cesariana

Esta publicação foi postada em Blog no dia por .

Diz-se que a palavra cesariana deriva da forma como nasceu o imperador Júlio César. Na verdade, a palavra tem origem no verbo caedo -is, cecidi, caesum, caedere, também presente na palavra francesa ciseaux (tesoura), e na inglesa scissors (tesoura). Existem dados de que a primeira cesareana foi realizada antes mesmo da da época de Júlio César, no nascimento de  Cipião, o Africano.

A cesariana é  realizada em caso de contra-indicações ao parto vaginal (como placenta prévia total) ou complicações durante o trabalho de parto (por exemplo, descolamento prematuro de placenta).  Como toda cirurgia, seus riscos não devem ser ignorados, e aumentam a cada nova cesariana. Os riscos maternos incluem aderências, infecções, hematoma, hérnia, lesão na bexiga ou outros órgãos, hemorragia, acidentes anestésicos, tromboembolismo. Para o feto os riscos incluem cortes acidentais, desconforto respiratório, maior necessidade de UTI neonatal, dificuldade na amamentação.

Cesariana,

Para mais informações entre em contato pelo telefone (31) 3262-3538