Dicas ergonômicas pós parto

Esta publicação foi postada em Pós-Parto no dia por .

.

Dicas ergonômicas durante os cuidados com o bebe

 

No pós-parto é relativamente frequente o surgimento de dores na coluna ou nos membros superiores devido à demanda de cuidados com o bebê. Para a mulher que se preparou na gravidez a chance de ter dores é menor, mas todas devem estar atentas às posturas no dia-a-dia como trocar fraldas, amamentar, tirar o bebê do berço, dar o banho, pois a má postura pode acentuar os desconfortos. Estes cuidados são fundamentais para proteger músculos e articulações, já que são atividades realizadas constantemente.

Amamentar: a posição sentada em uma cadeira ou poltrona é bastante recomendada. Nesta posição a coluna deve ficar toda apoiada no encosto e os pés no chão, formando um ângulo de 90º de flexão com os joelhos e quadril. Se precisar coloque uma almofada para melhor apoio da coluna. Um travesseiro ou almofada em forma de ferradura embaixo do braço ajudam a sustentar o peso do bebê, permitindo o relaxamento da coluna cervical e do braço. Uma dica é usar o braço da cadeira para melhor posicionamento. No caso de amamentar deitada, mãe e bebê devem estar de lado e é indicado que o tronco do bebê fique um pouco elevado para evitar refluxo para o ouvido.

Troca de fraldas: O local onde utilizar como trocador deve estar numa altura um pouco abaixo dos cotovelos para que sua coluna possa ser mantida ereta. O importante é evitar curvar a coluna à frente, mantendo tudo o que precisar para a troca de fraldas perto, de forma que possa alcançá-las sem se curvar.

Banho do bebê: a banheira deve estar sobre um suporte ou bancada que fique na altura do quadril para evitar flexão excessiva da coluna. Um recuo na parte de baixo para os pés possibilita maior proximidade com o bebê e menor esforço com os braços. Um suporte no chão para alternar a descarga de peso dos pés ajuda a reduzir a sobrecarga na coluna. Outra opção é deixar uma perna à frente e manter o joelho levemente flexionado.

Tirar o bebê do berço: o ideal é flexionar os joelhos, manter o abdome contraído e aproximar o bebê do seu corpo antes de erguê-lo. Ao carregar o bebê tente manter a coluna ereta e o abdome contraído para proteger a coluna. Evite carregar o bebê na lateral da cintura para não favorecer grandes desalinhamentos do tronco. Uso de canguru ou sling são boas opções para reduzir o esforço muscular.

Texto escrito por: Renata Cangussu e Ana Paula Miranda, Fisioterapeutas do Instituto Nascer

 

 

Dicas ergonômicas pós parto,

Para mais informações entre em contato pelo telefone (31) 3262-3538