Logotipo Instituto Nascer
(31) 3262-3538

Blog

PRINCIPAIS CAUSAS DE INFERTILIDADE FEMININA

Um casal tem cerca de 20% de chances de engravidar ao mês, portanto, é comum um intervalo de tempo entre o início das tentativas e a gestação. Nesta janela, quando o casal deve começar a considerar a infertilidade conjugal?

Fala-se em possibilidade de infertilidade após decorrido um ano de tentativas sem sucesso de engravidar naturalmente. Depois deste período, é recomendado procurar um especialista para que o casal passe por uma série de exames que indiquem a presença de infertilidade e, assim, possa seguir com o tratamento indicado. Nos casos de mulheres com mais de 35 anos, recomenda-se procurar pelo especialista depois de 6 meses de tentativas.

Infertilidade feminina e suas 4 principais causas

1- Idade

A idade de uma mulher está diretamente ligada à qualidade e quantidade de óvulos disponíveis para fecundação. Após os 35 anos, o potencial delas diminui e, com 40 anos, a possibilidade de engravidar naturalmente cai para menos de 10%.

2- Alteração da ovulação

A ovulação é o processo de liberação mensal do óvulo, armazenado dentro dos ovários. Mulheres que ovulam normalmente, menstruam regularmente e, muitas vezes, apresentam os famosos sintomas da TPM. Aquelas mulheres que não ovulam adequadamente, por outro lado, vão apresentar menstruações irregulares, associadas, em alguns casos, ao aumento de pelos e acne.

Estresse, obesidade, exercícios físicos exagerados, doenças da tireoide ou complicações em outras glândulas hormonais podem comprometer a ovulação da mulher.

3- Alterações tubárias

Depois da ovulação, o óvulo é captado pela tuba uterina, local onde ocorre a fertilização, ou seja, onde se encontram o espermatozoide com o óvulo. Lá o embrião é formado e depois transportado até o útero. Para que esta etapa dê certo, é fundamental que as tubas estejam funcionando perfeitamente.

As alterações tubárias, como obstruções, deformações ou encurtamentos impedem a concepção e podem ser a causa da infertilidade feminina.

4- Endometriose

A endometriose é caracterizada pela presença do endométrio fora do útero. Isso significa que o revestimento interno do útero (endométrio), onde deveria ocorrer a implantação do embrião, se desenvolve em outros lugares, como os ovários, as tubas e o peritônio (revestimento interno do abdômen), mas também podem atingir o intestino, o ureter e a bexiga.

Além destes 4 fatores principais, há ainda outros, como:

  • Miomas;
  • Doenças sexualmente transmissíveis;
  • Doenças crônicas, como diabetes, câncer, doenças da tireoide, asma ou depressão.

Se estiver tentando engravidar naturalmente há mais de um ano sem sucesso, procure um especialista e cuide da sua saúde ou do seu parceiro. Esse e outros artigos ricos em conteúdo de valor para você estão no blog do Instituto Nascer.