livia afonso

Lívia Afonso – VBAC Natural em Banquinho de Parto

Esta publicação foi postada em no dia por .
livia afonso
Tudo começou com uma grande vontade de vivenciar um parto normal ou natural… O Gabriel (meu primeiro presente de Deus) escolheu vir ao mundo através de uma cesária. Assumo que, não era a minha vontade.
Segundo filho… Tudo mais fácil pois já sabemos (pelo menos, achamos que sabemos) o que nos espera… Já conhecia a equipe multidisciplinar do Instituto Nascer, através do anjo Daniela Bittar e, queria muito experimentar!!!
O medo assombrou durante toda a gestação: será que, após uma cesária, serei capaz de vivenciar um parto normal / natural? Será que corro riscos? Será que a Isadora ficará bem? Muitas perguntas que, a todo tempo, sempre eram respondidas e, principalmente, suportadas por dados pelo Dr. Hemmerson Henrique Magioni (quem é ex auditora sabe o quanto é importante termos dados rs) e atendimentos com a Dani…
Pois bem, 38 semanas e 3 dias e… Isadora ainda sentada como uma princesa!! O medo me acompanhava a todo tempo… “já conheço esta história” e, a culpa batia a porta… “mas, o que fiz de errado desta vez?? Fiz tudo o que pediram!! Por que ela não vira??? Coisas que só Deus sabe a resposta…. Já vinha discutindo a possibilidade de Versão Cefálica Externa com o Dr. Hemmerson Henrique Magioni & Dra Quesia Tamara Villamil. Decidimos fazer!!!
Experiência única, rápida e extremamente segura! Foi tão rápido que, nem acreditei!
Domingo, 3 de julho de 2016: acordo as 04:15 com vontade de ir ao banheiro… (pensei, já conheço esta história…). Fiz xixi e… Bolsa estourou! Desta vez, muito mais tranquila, ligo para o Dr. Hemmerson Henrique Magioni: lembro das palavras: Lívia, está sentindo contração? Não Dr.Hemmerson Henrique Magioni… Então ele disse: vou te enviar um texto, leia com o Benedito Carvalhoito e, te ligo em 30 minutos!!! Este cara é esperto… sabe que neste momento, o tempo é quem deve gerenciar os fatos…. Euzinha, ansiosa como sou já pensei… “como assim?? Bolsa estoura e eu vou ler um texto???” Ai, lembrei das palavras da Dani: “vc precisa se entregar Lívia…” respirei fundo e lemos o texto… das opções dadas, escolhemos a “aguardar”… Nem eu acreditava que estava segura o suficiente para “aguardar”… 45 minutos após minha bolsa ter estourado, começa as contrações!!! Dorzinha bem incomoda e, o engraçado que não eram ritmadas… Tentávamos cronometrar mas, acredito que até as contrações eram no meu estilo… desesperada “rs”!
Liguei feliz da vida para o Dr Hemmerson Henrique Magioni: “estou sentido as contrações”… “Liga para a Karine Brugger para que ela vá até a sua casa acompanhá-la”… 30 minutos depois, a Karina já estava na minha casa! Neste momento, as contrações já estavam acelaradas e ela dizia que eu estava com 4 centímetros de dilatação (as 6 da manhã)… dores intensas, sem muito saber quando voltariam pois não eram ritmadas! Deitava, sentava e, nenhuma posição era 100% confortável… 07:30hs da manhã, já com muitas contrações, a Karina entra em contato com o Dr. Hemmerson Henrique Magioni: “vamos para a maternidade pois ela já está com 7 centímetros (“ahhhh 3 centímetros em 1:30 ”)??? Pois bem, fomos para a Unimed… 15 minutos de trajeto, 4 contrações no carro e, distância que parecia uma eternidade!
Entro na suíte de parto por volta das 08:00hs e a Dra Quesia Tamara Villamil já estava me esperando! Ela me abraçou e disse: “calma, você vai conseguir…”!! Naquele momento, queria muito acreditar nela… medo de não conseguir era gigante!!! Fui para o chuveiro e não conseguia ficar em pé… Colocaram água na banheira: lembro que fiquei um tempo lá mas, realmente, não achava uma posição confortável!!! Pedia ao Dr. Hemmerson Henrique Magioni: “por favor, me fale um número… quantas contrações faltam”… eles respondia: “não tem como saber mas, já está muito próximo… você já está com dilatação total…. Isto era próximo das 09:00hs da manhã!!! Ele não entendia que eu precisa de um número naquele momento!!! Mas, novamente, como um sábio, só o tempo poderia me dar esta resposta!
E eis que decidi sair da banheira… realmente, achei que não fosse conseguir pois, todo mundo falava: na banheira é muito relaxante… e, já pensando minha próxima opção: o “banquinho”… OHH meu Deus sempre falava com a fisioterapeuta Ana Paula Miranda nas sessões de fisioterapia… “este negócio não é de Deus… A única coisa que tenho certeza é que a Isa não nascerá no banquinho”… Ironia ou não, sentei no banquinho, lembrei das sessões de respiração, das instruções da Ana e…. as 09:05hs da manhã Isa nasceu, como a mãe: corrida / rápida / sem muito tempo para pensar, analisar e segurá-la! Lindo, emocionante e como sonhei! Fiquei um bom tempo com ela nos braços, tentando entender o que havia acontecido!! O Di (agora já na cor normal *rs*) cortou o cordão e ficamos ali admirando nossa pequena!! Ahh, música?? Não lembrei de levar para o hospital, nossa melodia foram os meus gritos mesmo!
Só tenho a agradecer todos do Instituto Nascer que contribuíram para tornar este sonho, uma realidade! Obrigada!!! Isadora completa hoje, 1 ano de vida e muita luz nas nossas vidas!!!
Lívia Maria Afonso, executiva da General Eletric

Para mais informações entre em contato pelo telefone (31) 3262-3538