Arquivos

daniela had

Daniela Rad

Há dois meses, nascia Gabriela Rad Azevedo. Minha cria veio ao mundo no dia e hora que ela mesma escolheu e da maneira que eu, o pai e ela escolhemos. Desde antes mesmo de ficar grávida eu já queria saber tudo sobre parir, fosse conversando com as mães amigas recém-paridas, fosse lendo sobre um assunto que já me fascinava desde sempre: o corpo humano, sua  capacidade de gerar e colocar pra fora uma vida completamente nova. E lá estava eu, grávida de 39 semanas e 5 dias e com as duas maiores armas que eu poderia ter: meu corpo saudável e muita informação. No início da gravidez quando escolhi a equipe que iria me acompanhar no pré natal e no Leia mais…

Graciele Tibo

Quando engravidei da minha primeira filha, logo após o falecimento da minha mãe, manifestei, desde o início, o desejo de ter um parto normal, porque queria parir e, não, passar por uma cirurgia. Por volta do sexto mês, contudo, a médica começou a me apresentar impedimentos (posição do bebê, passagem, diminuição do líquido etc.). E, com 39 semanas e 5 dias de gestação, fui submetida a uma cesariana por motivos que, na época, não sabia serem infundados e acabei não questionando, certamente em razão do momento de fragilidade que vivia (luto). Dias depois do parto, a médica ainda me “presenteou” com a seguinte fala: “Você jamais teria esse bebê de parto normal, nem sentiu contrações, não teve dilatação! E foi Leia mais…

Vivian F.

Vivian Fukushima

Há uma semana, neste mesmo horário, estava saindo de casa para viver um dos momentos mais incríveis da minha vida! Acordei às 01:50h da manhã com uma dor forte mas consegui voltar a dormir. Às 03:00h já não era possível ficar na cama. Levantei, fui ao banheiro, andei pela casa… sabia que tinha que me manter calma, afinal, era minha filha que estava chegando. As 04:00h decidi acordar o papai Marcelo meu marido e uma hora depois resolvemos ligar para nossa doula Rosana Cupertino e em seguida para meu obstetra Dr Hemmerson Magioni. Nessa altura eu não conseguia falar com ninguém, quem manteve contato com eles era Marcelo. Aguentei firme até as 8h30 quando implorei pra ir para a maternidade, Leia mais…

Lourene Nunes

Quase 2 anos depois, aqui estou eu fazendo o relato do parto da Ester, minha primeira filha. Eu não sabia nada sobre parto, ainda sei menos do que gostaria, mas tinha uma convicção de que queria parir, queria que ela viesse ao mundo quando estivesse pronta, de forma respeitosa, humanizada. Por isto escolhi um médico que eu confiasse e que eu teria certeza de que, caso tivesse uma cesária, ela teria sido necessária. Pois bem, não sei por que embarquei nesta. Sou extremamente racional, formada na área de exatas, trabalho com gestão, planejamento, execução conforme planejado (ou não). Não sou natureba, não gosto de yoga, tomo antibiótico e não gosto de misticismo. Mas sou uma mulher de fé, a gravidez Leia mais…

aline

Aline Rebelo

Sobre ansiedade, medo, expectativa, fé e realidade! O meu relato vai um pouco além, de como aprendi nessa gestação a lidar com a ansiedade, as expectativas e os medos para o grande momento do parto – como de uma certa maneira minha experiência pode ajudar às outras mulheres, com uma historia parecida com a minha e com o mesmo desejo que o meu… ter o seu VBAC ( um parto normal após uma cesariana). Há dois anos atrás, eu vivi uma cesárea e talvez não tinha como ser diferente, meu primeiro filho estava sentado até o último momento e meu sonho de viver um parto normal foi adiado.  Estaria tudo bem, se meses depois eu não tivesse começado a me Leia mais…

Betania

Bethânia Andrade

Era dia 3 de setembro de 2015. Enfim, tínhamos conseguido mudar para a nova casa, as coisas iam começar a se organizar para a chegada da nossa pequena Elis. Pelas previsões, teríamos tempo de organizar a casa, o quarto e as roupinhas pois ainda estava com 36 semanas de gestação e seis dias. Mas quem somos nós para prever alguma coisa? Na primeira noite em que dormimos na nova casa, as contrações insistiam em ficar intensas. Achei estranho, mas procurei ficar tranquila, afinal ainda estava cedo para a chegada da pequena. Tínhamos colocado nosso filho mais velho, de dois aninhos, para dormir. Eu revirava na cama como já era de costume nos últimos meses. Mas naquela noite estava diferente. As Leia mais…

Cibele Henriques

E lá vamos nós pro dia mais emocionante da minha vida… na madrugada do dia 26 de outubro de 2016, comecei a sentir cólicas fortes, fiquei quietinha pra não acordar meu marido, as 6:00h me levantei e ao ir ao banheiro, observei a saída do tampão mucoso, naquele momento pensei: a Alice pode chegar a qualquer momento, até mesmo hoje, será? Titio Dedé, há 2 semanas vinha falando que a Alice chegaria no dia 26 de outubro e, naquele momento eu só conseguia pensar: será que ele vai acertar mesmo, será que ela vem hoje? Pela manhã bem cedo titio Dedé ainda mandou uma mensagem no whats uma hora dessas Cibele já está tendo contrações – e eu estava mesmo, Leia mais…

GRAZI

Graziele Pimentel

Para contar sobre o parto do Lucas, preciso antes contar sobre o Parto da minha primeira filha Gabriela. Gabi nasceu através de uma cesariana intraparto. A bolsa rompeu e após 15h sem nenhum sinal de trabalho de parto, começamos a indução com misoprostol. Em pouco tempo já estava em dilatação total, porém sua cabeça estava um pouquinho inclinada (assincletismo). Fiquei 6h no período expulsivo e ela não passou da parte óssea. Partimos para a cesárea após duas bradicardias. Um ano e três meses depois eu estava grávida novamente. Começamos o pré-natal com a Dra. Quésia e percebi que teríamos um acompanhamento bem mais leve que o anterior. Assim foi. Nada de ultrassons mensais ou outros exames sem real necessidade que Leia mais…

Márcia Gurgel

Márcia Gurgel

Parto Natural – Márcia, Júlio e Catarina – 26/11/2016 – Hospital e Maternidade Unimed. 39 semanas e 4 dias, dia 22 de novembro de 2016. Acordei nesse dia e pensei: – Mais uma noite e nenhum sinal do trabalho de parto. Será que chegarei até 40 semanas? A ansiedade já tomava conta de mim. Passei o dia bem. Na parte da tarde depois que a Manuela (2 anos e 6 meses) foi para a escola aproveitei para dormir. Quando acordei por volta de 17 hs, tomei banho da cabeça aos pés e quando o Julio chegou do trabalho com a Manu seguimos nossa rotina: brincamos, lanchamos e por volta de 20h30/21h deitei para fazer a Manu dormir. Logo, mais ou Leia mais…

Viviane Reis

Viviane Reis Couto

04/10/16 terça-feira – 40s e 6d. Consulta de rotina pela manhã marcada com o GO no Instituto Nascer, mãe e filha passavam muitíssimo bem apesar do cansaço que eu já sentia, mas nenhum sinal de que nossa pituquinha viria ao mundo. O médico então sempre muito atencioso e cauteloso conversou comigo e com meu marido Diego, sobre até quando aguardar o início do TP e nos passou um texto para refletirmos sobre a indução, caso eu chegasse a completar 42s. Por curiosidade minha pedi um exame de toque: 2cm pra 3cm com 50% do colo apagado. Mas nenhuma dor, ou melhor nenhuma sensação (era assim que meu médico se referia as dores do parto). Após o exame começamos a conversar Leia mais…