Arquivos

brisa

Brisa Marques – Natural em banquinho de parto

Há exatas 2 semanas, com quase 39 semanas de gravidez, não sabia a quantas andava, nadava, estava João, o menino que guardado ficou aqui dentro durante os últimos 9 meses. Desde setembro do ano passado, o mundo virou na barriga, na cabeça, na casa chamada corpo – a qual acostumados estamos a habitar apenas nós mesmos. Há exatas 2 semanas, a bolsa rompia às 22h30, a primeira contração às 23h30, a chegada no hospital às 5h e o nascimento às 6h51. Parto natural, sem anestesia, já que pela minha lesão medular não era aconselhável tomar peridural, nem raquimedular. Os caminhos imprevisíveis dos meus nervos rompidos, interrompidos. Caso tivéssemos que partir para a cesária, seria uma cesária de urgência, com anestesia Leia mais…

cesarea humanizada 6

Juliana, Paulo e Nuno

Minhas lágrimas onipresentes e inevitáveis foram acolhidas e respeitadas, posto que compreendidas. E assim pude viver este sublime momento de encontro com o Nuno, com um Chorinho para Ele, à minha maneira e à minha intensidade, da forma mais linda que podia ser na nossa história: o real na travessia, venha como vier!

unnamed

Priscila Costa

Durante as mamadas, a cada bom dia, em todas as ninadas, fico olhando pra ela a beira de não acreditar. Enquanto morro de amor pelas dobrinhas da orelha e dos dedinhos, pelos cílios dos olhinhos, penso: ela saiu de mim! Ainda não encontrei termo melhor que ‘dar a luz’. Quando me lembro do Dr Hemmerson me chamando dizendo ‘Vem ver, ela ta chegando!’ só penso em uma luz intensa tomando conta de mim e da suíte de parto onde ela nasceu. Minhas contrações duraram boa parte do dia 26 de fevereiro. Uma 6a feira em que mantive rotina normal de atividades dentro e fora de casa, pois já tinha sido informada sobre as fases do trabalho de parto e eu Leia mais…

relato paula

Paula Motta

  O que dizer dessa experiência com o instituto?? Foi tudo fantástico tudo realmente incrível até mesmo porque o meu parto sofreu algumas alterações do que imaginávamos que seria. Sim, eu precisei evoluir para uma cesária e sem medo de dizer foi igualmente maravilhoso ao que sonhei! Foi real, foi baseado em muito conhecimento, discussão e decisões no meio da insegurança do novo mas na segurança de estar com as pessoas certas.Tive o carinho da Doula Bel, a voz mansa e serena que proporcionou um ambiente muito acolhedor mesmo no bloco ( bel vc esteve lá, tecnologicamente tb rsrs) . Também tive a incansável, fofa e parceirissíma Dra Marina. A quem entreguei meus medos e dúvidas, entreguei um momento divino Leia mais…

lorena

Lorena Barone

Foram 9 meses de espera… Alias,  aprendi a contar a vida em semanas: 39! Durante este tempo ora eu estava feliz, ora eu não estava feliz… O peso da idade e do sedentarismo, junto com a coluna que nunca foi boa, associado à perda da visão meses antes, no final a síndrome do túnel do Carpo e a insônia…. Ah a insônia que me consumiu 20 kilos pela madrugada afora… Mas Beatriz estava ótima, isso que importava! E durante estes 9 meses me preparei e me informei muito! Me informei sobre o parto, sobre me submeter ( e submeter Beatriz) a uma intervenção desnecessária. Busquei uma equipe que tinha esta proposta: Tratar o parto de forma fisiológica. Mas, além disso, Leia mais…

Marcela Lacerda

O Instituto é digno do nome que possui… Nascer. Meu parto foi maravilhoso e devo tudo aos profissionais do Instituto Nascer, desde de as educadíssimas e atenciosas recepcionistas até o seu corpo médico, em especial, Dra. Quésia, Dr. Hemmerson e a doula Bel. Apesar de muito medo, optei pelo parto normal e, por isso, passei por cinco médicos na cidade de Ipatinga, senti enorme resistência no comprometimento desses médicos em submeterem ao parto normal, encontrei uma médica que, acreditava fosse acompanhar meu parto, engano meu… quando já na 34 ª semana me informou que não era certeza que estaria presente no meu parto… eu disse “como assim!”… como justificativa disse que poderia ter uma casamento, seu filho poderia ficar doente, Leia mais…

Melissa Cristina Rocha

Meu primeiro filho nasceu há 7 anos. Naquela época eu estava com 28 e não acompanhava NADA sobre maternidade, parto, etc… Consultava com a mesma médica desde minha adolescência. Engravidei e comecei minhas consultas de pré-natal com ela. O que achava estranho é que tentava abordar o assunto PARTO, mais especificamente PARTO NORMAL e ela sempre fugia, dizia que esta conversa seria “mais para frente…” Até que um dia ela me falou que meu parto poderia ser normal (eu finalmente consegui expor minha vontade) DESDE que… e veio com uma lista imensa de poréns: desde que eu estivesse com bom peso, desde que meu filho não fosse grande demais e blá, blá, blá… Como eu estava me cuidando direitinho imaginei Leia mais…

patricia

Patrícia, Douglas e Olga

“Você verá, Patrícia…”, dizia Dra. Quesia enquanto terminava minha cirurgia, “Da próxima vez, será menina, pequena e vai escorregar!” Eu acabava de passar por uma cesariana intra parto, após um trabalho de parto lindo, como manda o figurino: bolsa rota natural, dilatação progredindo rápido, contrações efetivas, analgesia fraca para me aliviar do desconforto, posições para parto vertical, obstetra e doula que confiavam no parto humanizado, marido o tempo todo comigo… Depois de alcançarmos a dilatação total, 3 horas mais de tentativas e meu filho continuava alto… Não desceu, não encaixou, não entrou no canal de parto… A cesariana foi bem indicada naquele caso. Mesmo assim, me doía mais o coração do que os cortes. Sem dúvida, eu estava plena pela Leia mais…

Sara Cristina Silva

Após três meses, tomei coragem e terminei meu relato de parto!!! Parto que aconteceu dia 29/05/2015- E então em abril, após consultas de pré natal em São Paulo e no Chile, eu conheci a equipe maravilhosa de partos humanizados do Instituto Nascer! Não tive dúvida, é com Dr. Hemmerson que quero ter a minha tão esperada Alicia! Que equipe maravilhosa, quanta atenção e carinho com a gestante! A cada consulta eu me apaixonava mais. Indo e voltando para o Pratinha nos dias das consultas. Mas aí completei 38 semanas e era arriscado ficar no Pratinha e não chegar a tempo em BH. Então, dia 27 de maio, fui pra ficar em Belo Horizonte! Na casa dos meus queridos amigos Claudio Leia mais…

Daniela Monteiro de Catro

Uma gestação linda. Nada de enjoo, azia, dor nas costas, pés inchados… Sentava no chão para brincar com os sobrinhos, e trabalhei até o finzinho. No dia 14 de julho, então com 40 semanas e 2 dias, tive consulta! Fui para BH acompanhada pelo meu pai e irmã (as malas – e a máquina fotográfica – já ficavam no carro desde as 38 semanas). Fui examinada e a Dra Quésia falou que não íamos ficar esperando muito mais tempo. Me deu algumas opções. Romper membranas ali, na hora, ou esperar até sexta para romper as membranas… e aí, se até segunda, dia 20, ele não tivesse nascido, ia induzir o parto. Fiquei com medo da dor de romper as membranas, Leia mais…