image(1)

Ginecologia Geral

Esta publicação foi postada no dia por .
ginecologia geral
 

Ginecologia Geral

Texto sugerido por Gisele Maciel, Ginecologista e Obstetra do Instituto Nascer

 

A consulta ginecológica deve fazer parte da rotina de cuidados de saúde de qualquer mulher. É um espaço onde pode apresentar e esclarecer dúvidas, aprender a cuidar de si e realizar o exame ginecológico.

Qualquer mulher pode ir a uma consulta de ginecologia, independentemente da sua idade.

 

Quando é que uma mulher deve ir a uma consulta ginecológica ?

Deve ser realizada regularmente, mesmo que nunca tenha tido relações sexuais, para prevenção de doenças específicas da mulher quando decidir iniciar as relações sexuais, a mulher deve ir anualmente a uma consulta onde poderá discutir a contracepção e iniciar o exame de rastreio de possíveis infecções do colo do útero quando existem alterações nos ciclos menstruais, na palpação da mama ou nas características das secreções vaginais (corrimento) quando aparecem caroços, vermelhidão, prurido ou ardores na área genital ou nódulos nas mamas quando notar alterações físicas que indiquem estar a aproximar-se a menopausa.

 

O que é o exame ginecológico ?

O exame ginecológico é um exame preventivo, indolor, muito simples de realizar. Pode causar desconforto, principalmente se a mulher estiver ansiosa e contrair os músculos da vagina. Para que se sinta tranquila, a mulher pode conversar com o/a médico/a sobre as suas dúvidas e receios e pedir-lhe que explique como vai ser realizado o exame. Pode ir acompanhada à consulta com alguém que lhe transmita confiança.

 

O que é exame de Preventivo ou Papanicolau ?

O teste de Papanicolau é um exame ginecológico de citologia cervical realizado como prevenção ao câncer do colo do útero.

O exame deve ser realizado em todas as mulheres com vida sexual ativa ou não, pelo menos uma vez ao ano. Após três exames anuais consecutivos normais, o teste de Papanicolau pode ser realizado com menor frequencia, podendo ser, em mulheres de baixo risco, até a cada três anos, de acordo com a análise do médico, porém mulheres com pelo menos um fator de risco para câncer do colo uterino devem continuar se submetendo ao exame anual.

Consiste basicamente na coleta de material do colo uterino com uma espátula especial, sendo este material colocado em uma lâmina e analisado posterioremente por um citopatologista (que pode ser um biomédico, farmacêutico bioquímico ou médico) ao microscópio. É citológico, examina a morfologia das células da mucosa do colo do útero, analisa alterações nas células cervicais, chamadas de displasia cervical. A displasia que se desenvolve deve-se a uma infecção causada pelo vírus que se designa papiloma vírus humano (HPV). Este vírus altera de tal forma as células que se podem formar tumores benignos ou mesmo malignos.

 

O que é a vacina de HPV ?

Atualmente uma vacina já é oferecida nos consultórios particulares brasileiros, na maior parte da América Latina, EUA e Europa.

A vacina é do tipo quadrivalente (tipos 6,11,16 e 18), abrangendo os isotipos HPV alto risco para cancro cervical. O exame de Papanicolau também pode diagnosticar doenças sexualmente transmissíveis ou o condiloma, uma afecção que pode levar a uma doença maligna.

 

Fonte: Portal de Saúde Sexual e Reprodutiva da Associação para Planejamento da Familia – APF

 

 

 

Para mais informações entre em contato pelo telefone (31) 3262-3538

Para mais informações entre em contato pelo telefone (31) 3262-3538