Logotipo Instituto Nascer
(31) 3262-3538

Blog

10 razões para evitar a internação precoce?

10 razões para evitar a internação precoce?

Evitar a internação precoce se torna ainda mais importante durante a pandemia! As evidencias científicas afirmam que a internação precoce aumenta os riscos de intervenções desnecessárias durante todo o processo de nascimento.

Internação precoce ocorre quando a mulher é internada fora de trabalho de parto ativo, com contrações não ritmadas, com duração curta e colo com dilatação inicial (<5 cm), ou seja em pródromos ou no início da fase latente do trabalho de parto.

Listamos abaixo 10 Razões para evitar a internação precoce:

  • Aumenta a ansiedade e o stress sobre a mulher, pois à partir do momento que interna ela pensa que precisa dilatar de maneira eficaz mesmo não estando em trabalho de parto;
  • Aumenta as chances de intervenções;
  • Aumenta o risco de infecção hospitalar, principalmente em casos de bolsa fora fora de trabalho de parto ;
  • Mina a confiança da mulher na sua capacidade de parir (pois a dilatação é muito lenta);
  • Causa a impressão de que o parto está sendo longo, quando na verdade ele não começou;
  • Pode causar parada de progressão por adrenalina ou stress;
  • Aumenta as chances de cesárea;
  • Causa esgotamento físico e psicológico na mulher;
  • Desgasta a equipe de assistência e a doula uma vez que todos são acionados fora de trabalho de parto;
  • Faz com que todos os familiares envolvidos fiquem nervosos e causando interferências negativas no processo.

Foto da chegada oportuna da @raissamfaria em trabalho de parto na maternidade Mater Dei sob a lente da @brunagilfotografia