Logotipo Instituto Nascer
(31) 3262-3538

Blog

COVID-19 E O FETO: O QUE AS FAMÍLIAS PRECISAM SABER?

Com o crescente avanço da Covid-19 no Brasil, diversos questionamentos já estão sendo feitos por quem está aguardando a chegada do bebê ou vivendo a expectativa da gravidez.

Por esse motivo, é perfeitamente natural que as futuras mamães tenham dúvidas sobre como a doença pode afetar o feto ainda durante o período de gestação.

Para esclarecer algumas questões importantes sobre a Covid-19 e a saúde do feto e da mãe, confira abaixo quais são as principais informações dadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e Ministério da Saúde.

A Covid-19 pode ser transmitida da mãe para o bebê ainda na barriga?

Ainda não há muitas respostas sobre o efeito do coronavírus na saúde do feto durante a vida intrauterina. Por este motivo, não se pode excluir a possibilidade de que ocorra a transmissão do vírus para o bebê. 

No entanto, ainda que qualquer afirmação exija mais observações médicas e científicas, a maioria dos estudos não encontrou nenhum indício do vírus no líquido amniótico ou no leite materno.

O que os estudos mostram até o momento?

Nos casos mais leves de Covid-19 em gestantes, não foi identificado um aumento do número de abortamentos ou outras complicações para a saúde do feto.

Já nos casos mais graves, especialmente nas gestantes que desenvolveram pneumonia, os estudos apontaram uma maior chance de aborto, parto prematuro e pré-eclâmpsia.

Como se proteger durante a gravidez?

É válido ressaltar que as informações disponíveis são limitadas, mas devido às alterações do corpo e do sistema imunológico das mulheres em fase de gestação, são recomendadas as seguintes precauções de proteção contra o vírus:

  • Lavar as mãos com frequência e usar álcool gel.
  • Evitar aglomerações.
  • Evitar tocar os olhos, o nariz e a boca.
  • Cobrir a boca e o nariz com o cotovelo ao tossir e espirrar.
  • Usar máscara de proteção individual.
  • Em caso de febre persistente ou dificuldade de respirar, procurar o atendimento médico imediatamente.

Sabemos que as dúvidas podem deixar muitas famílias angustiadas neste momento, mas, é preciso ter cautela e acompanhar sempre as atualizações científicas constantes sobre o assunto. E não se esqueça: estar bem informada é a melhor forma de se prevenir.

Se quiser aprender mais sobre saúde e bem-estar do bebê e da mamãe gestante, continue navegando no blog!